sexta-feira, 10 de outubro de 2008

A morte está próxima (?)

Na parte anterior, Claude Speed vai a Los Santos para um serviço valendo uma bela grana.
Para ganhar o dinheiro, Claude precisa terminar sua missão na cidade, que é eliminar Carl Johnson.

Ele pega seu carro e então foi ler o bilhete:


"-- Olá, Claude. Leia com atenção:
• Seu objetivo na cidade é eliminar um cara, que é quase imortal. Ele sobreviveu até mesmo a uma explosão, se bobear esse @#$%*@ pode escapar de você também. Esse V**** fica em uma rua pobre pra @#$!%*@&¬: Esse lugar é WillowField, e a casa onde esse Filho da #$@& se hospedou tem uma pequena garagem. O nome desse infeliz é Carl, ele é negro e tem um amiguinho branquelo.
• Não me decepcione, ou então você terá grandes conseqüencias, acredite!
No carro há uma arma, faça bom uso dela para matar essa barata do $#@%&* [...]"

"Nunca vi tanto palavrão na minha vida", pensou Claude.

"[...] Qualquer problema, basta ligar para o meu telefone. Ele está no verso do bilhete.
• Se você não conhecer bem a cidade, aí vai um mapa de Los Santos:


Boa sorte! --"

Bom... hora de agir!
Com a ajuda do mapa, Claude vai até WillowField:


Não tinha absolutamente ninguém na rua. Claude estacionou o carro em um lugar próximo a casa do Cesar:


Ele abre o porta-malas para pegar a arma existente:


Foi fácil localizar a casa de Cesar. Claude foi até lá:


Ele pensou em invadir e matá-lo de vez, mas escutou uma conversa e resolveu se esconder.
Apesar de estar armado, ele não se arriscou:


=Cesar: Coloca isso!
= CJ: O que?! Nem pensar!!
= Cesar: Coloca isso AGORA! Temos que ver se esse disfarce pode dar certo...
= CJ: Mas eu estou ridículo...
= Cesar: Não reclama, estou fazendo isso porque você é meu amigo! E olha que quem comprou isso aí fui EU.

E foi apenas isso que Claude conseguiu ouvir...


Cesar e Carl vão para fora de casa.
Carl não pode ficar dentro de casa o dia inteiro, ele precisa sair. Ao mesmo tempo, ele não pode ser identificado.
Nessa situação, Cesar resolve colocar um disfarce nele, para que assim ande na rua sem ninguém lhe perceber. O problema é que Carl não gostou muito do disfarce...

- CJ: Não tenho coragem de sair vestido assim.
- Cesar: Pois comece a ter, porque vai ser o único modo de você sair sem ser identificado.
- CJ: Para onde nós vamos?
- Cesar: Vamos para um lugar movimentado, a estação Market, aquela perto do estúdio de filmes...
- CJ: O que?!

Claude não resiste...
= pff...

- Cesar: O que foi isso?
- CJ: Deve ser alguém que me viu pela janela.
- Cesar: Ah, f@4#-$%. Vamos para o carro.
- CJ: Antes de mais nada... por que vamos para lá?
- Cesar: Para ter certeza de que ninguém vai te reconhecer...


E assim, eles entram no carro...


... e vão até a estação:


Claude resolve então, avisar a Ryder para onde eles estavam indo:


- Claude: {Sr.Ryder, encontrei o CJ}
- Ryder: [Que bom! E então? Já o matou? Ele ainda está aí?]
- Claude: {Na verdade, ele acabou de sair de carro}
- Ryder: [E o que faz aí? Siga-o, antes que você perca ele]
- Claude: {Eles estão indo para a estação Market, Carl está com um disfarce}
- Ryder: [E daí?]
- Claude: {Daí que eu não posso matá-lo em público}
- Ryder: [Hum... pelo que estou vendo, o trânsito congestionou e muito. Ainda pode dar tempo para iniciar meu plano]
- Claude: {Que plano é esse?}
- Ryder: [Aguarde aí. Em poucos minutos, aparecerá um cara da minha gangue. Ele lhe entregará uma arma pesada e um bilhete.]
- Claude {Certo, até mais}


Ligação encerrada. Agora, cabe a Claude esperar o Balla chegar:


Ele sai do lugar onde estava escondido e espera no final da pista:


Já se passam 3 minutos, até que carro está entrando na rua: Será que é ele?


Sim, é ele. O Balla abre o porta-malas, lhe entrega um lança-mísseis e o bilhete enviado por Ryder.

"O Chefe disse para você ir até Market, e quando estivesse lá, lesse o bilhete", disse o Balla:



Bom... que assim seja feito. Com a ajuda do mapa que veio no Bilhete anterior, ele vai até Market:


Claude chega em Market. Agora, ele pega o bilhete para ler:

"-- Pelo que andei vendo, CJ e o seu amiguinho estarão passando pelo estúdio de filmes. Existe um Fast-Food em Market, o Cluckin' Bell. Perto dele tem um beco, que te leva ao topo de uma gravadora de discos. Suba e use o lança-mísseis para detonar o veículo --"

E ele já estava perto do Cluckin' Bell:


Claude entra no beco e se prepara para retirar o lança-mísseis, como dito no bilhete:


Ele prepara o lança-mísseis, e então sobe:


E ele chega no tempo exato em que o carro está passando!
Agora não tem como errar:


Continua...(?)

Combates no GTA

13 comentários:

Julio disse...

Tá muito boa a historia..

Carl disse...

lOl!!!

Vinny disse...

Muito loko!!!!


;D

Rafael seu script naum tá funcionando?

Marcos disse...

Ow cara, muito foda essas suas histórias :D

Podia gravar um vídeo dessa hist no SA-MP ._.

maicon17_gta disse...

muito bom!!! belo post!!

uma das melhores series do blog!!!

continue assim que você vai longe!

maicon17_gta disse...

EURI DO DISFARÇE DO CJ! xD

Caique disse...

Como o Claude deu risada se ele é mudo??

A historia ta muito lokaa continue!

pedro disse...

Muito boa a história...
Parabéns...
Sem dúvida, continue sim...
Espero anciosamente...

episódios disse...

Muito bom cara, fico esperando toda semana que lance um episódio dessa história. Continue assim, quem sabe vira um novo Spelberg!

Leonardo disse...

cj não corre, ele vai pra cima.

esqueceu esse detalhe

mais tirando isso ta boa

rOx ^^ disse...

Muito bom, podia fazer um livro aUSHAUSH

Matheus Phelippe disse...

Muito bom mesmo!
Mas acho que o CJ foi muito bobo ao falar "Tem alguém me vijiando"

Logo podería passar pela cabeça dele que estivesse sendo perseguido pelo Ryder; e dar um jeito de fugir logo

Zero disse...

desde quando claude fala?